Preparo para exame: biópsia de próstata

 1. O que é a Biópsia Prostática

A biópsia prostática é um exame que permite a obtenção de pequenos cilindros de tecido prostático para análise ao microscópio e assim, poder identificar a presença ou ausência de células malignas. Atualmente, só em raras exceções, deverá a biópsia ser realizada sem a preciosa e necessária ecografia prostática transretal, para guiar a obtenção dos cilindros mencionados.
 

2. Quando é necessário ser submetido à biópsia prostática?

De forma resumida, a grande indicação para realização de biópsia prostática coloca-se quando há a hipótese de estarmos perante um cancro da próstata. O único exame que nos permite fazer o diagnóstico de carcinoma da próstata é a biópsia com análise das células ao microscópio (exame histológico).
 

3. Como se realiza a biópsia prostática?

A biópsia prostática é realizada em ambulatório (não necessita de internamento), com anestesia local e profilaxia antibiótica. O uso de clister para limpeza da ampola retal não é obrigatório. Resumidamente, consiste numa ecografia prostática transretal à qual se associa a recolha ecoguiada de fragmentos de próstata.
 

4. Que consequências resultam da biópsia prostática?

Se respeitadas as contra-indicações (doentes medicados com anti-agregantes ou anticoagulantes, doenças da coagulação ou imunodeprimidos) e forem cumpridas as normas (profilaxia antibiótica) evitam-se as duas grandes complicações possíveis – hemorragia e infecção prostática (prostatite aguda). Este exame não interfere em nada com a capacidade de urinar ou de ter relações sexuais.
 

5. Quem deve realizar a Biópsia Prostática?

A indicação de realização da biópsia prostática fundamenta-se no PSA e sua velocidade de aumento ao longo de meses ou anos, alterações na consistência ou forma da próstata, detectadas pelo exame direto – toque prostático (toque retal) ou ambos. Deverá ser sempre obtida uma opinião de um Urologista antes da realização da biópsia prostática. Este exame deverá preferencialmente ser realizado pelo Urologista. Só ele tem capacidade de realizar este exame e tratar as suas eventuais complicações.

 

ORIENTAÇÕES PARA BIÓPSIA DE PRÓSTATA AO ULTRASSOM

 

 

 

1-       Ciprofloxacino 500 mg tomar um comprimido de 12 em 12 horas a partir do dia anterior à biópsia. No dia da biópsia tomar um comprimido 1 hora antes do exame. Usar por três dias.

2-       Fazer jejum absoluto (inclusive água) de 7 horas. Se o exame for realizado à tarde, fazer refeição leve (tomar um chá com bolachas), antes de iniciar o jejum absoluto de 7 horas.

 

3-       Comparecer com a bexiga vazia.

 

4-       Tomar os medicamentos de rotina (pressão).

 

5-       Suspender, caso esteja tomando, os seguintes medicamentos:

 

§  AAS (Aspirina), Aspirina Prevent, Aspisin, Cebralat (cilostazol), Disgren: Não tomar nos sete dias anteriores ao exame.

 

§  Ticlid (TICLOPIDINA): Não tomar nos 15 dias anteriores ao exame

 

§  Marevam ou Persantin (DIPIRIDAMOL): Não tomar nos 15 dias anteriores ao exame.

 

§  Antiinflamatórios, GINKGO HERBARIUM (Ginkgo biloba): evitar

§  Para diabetes. Não usá-los 24 horas antes do exame.

 

 

 6- O paciente deverá chegar 30 minutos antes do horário marcado, vir acompanhado, trazer o pedido de biópsia do médico e exames de PSA ou biópsias anteriores, caso já tenha feito.

 

7-       Orientações após o exame:

o    Após o exame fazer dieta leve.

o    Evitar carregar peso, esforço físico, caminhadas longas por dois dias.

o    Observar possível sangramento (fezes, urina ou sêmen).

o    Manter abstinência sexual por três semanas.

o    Observar possível aparecimento de febre (temperatura igual ou maior que 37,8ºC) ou calafrios ou dor para urinar. Em caso de dúvidas, entrar em contato: 37 3321 2349, 37 9116 6611